Quinta-feira, 30 de Junho de 2011
MATINAS

Tejo, há instantes.

 

Querido Francisco, neto que anseio por ver de mim bem perto,ando para aqui há horas a arrumar ideias e factos para a Primeira Carta que quero escrever-te, a ti, finalmente, o confidente que me faltava e olha, perdi-me.O Face com esta limitação dos 421 caracteres atrapalha-me o tricot que desejava tão criativo e atractivo como aqueloutro com que deixei a tua Avó a despedir-se do dia....

 

...preparando-te um pequeno xaile para tornar as frias manhãs do teu Novembro um pouco mais quentinhas.O teu avô - fixa esta primeira vez em que, depois de uma pausa soletro para mim mesmo...o t-e-u a-v-ô..- disse aqui, ontem, a estes senhores e senhoras que por aqui tropeçam, que tu és, a partir de agora, A MINHA ÚNICA AGENDA.Que sabes tu que é isso de "AGENDAS", tu, para quem os imperturbáveis dias correm como se passado,presente ou futuro mais não sejam do que a FELICIDADE em seu estado puro....

 

Sim, querido neto, é de FELICIDADE que quero, afinal, falar-te, dando-te conta do que foram estes seis meses das tantas conversas com amigos ou simplesmente conhecidos (outro assunto para trabalharmos,vês?!) do avô (outra pausa para saborear estes primeiros, como dizer, dizeres de mim a-v-ô!!!).Juro que não quero ser maçador, vais ver..., até porque o Jardim de Santana, aqui à nossa porta, espera por nós e pelas mil e umas brincadeiras que teremos até cair de rastos satisfazendo as tuas mil e uma infantis solicitações!Quando é que posso sentir, como a Avó, os teus primeiros "pontapés", raios?!
Por que é que as mulheres sentem mais depressa do que nós?!Ou serei eu que deixo que os tantos ruídos do quotidiano permaneçam mais do que o tempo que deviam nesta cabecinha de quase...sexagenário, santo Deus?!Para terminar, Francisco,vou caminhar, que a manhã já vai alta,vou nadar, dar luta à artrose que me atrofia estes dedos que quero bem libertos para te conduzir pelos caminhos da tua irrequietude.Voltamos a ver-nos logo quando conseguir perceber melhor tudo o que de menos bom aconteceu ontem, sim, mas tudo quanto de MUITO BOM aconteceu neste meio ano de AAA e agradecer a todos os meninos que aceitaram vir brincar comigo neste grande Jardim da Eterna Animação que deve continuar a ser a animus!!
-"Avôôôô, poupa-meeeeeeeee!!!!"
antónio colaço


publicado por animo às 09:25
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 29 de Junho de 2011
UM POEMA DO PE HORÁCIO E AS DÚVIDAS DO MENDEIROS E MANEL PIRES ANTUNES

UM ABRAÇO AO PADRE HORÁCIO…NO SEU ANIVERSÁRIO???

 

É claro que o P.e Horácio merece todos os festejos, como o Alentejo…mas, e o seu estado de saúde?

Será possível? Ponderemos… e busquemos inspiração nas estrelas!

 

“Alentejo!

Nestes versos te festejo!

Pois foi assim,

Mais ou menos, como disse,

Que nasceu dentro de mim,

Sem que eu visse,

Sem que eu fizesse reparo,

A Estrela de brilho raro,

- Minha ESTRELA DA PLANÍCIE!”

 

(In Estrela da Planície, Poemas, Horácio Nogueira)

Abraços

Joaquim Mendeiros

_________________________________

ACTUALIZAÇÃO

_________________________________

 

Caro Colaço,
 
Teria muita alegria em participar na celebração do aniversário do nosso amigo Padre Horácio no próximo dia 16 de Julho. Mas, já estou como o Mendeiros, será possível?
 Vamos ver qual o sinal que conseguimos ler nas "estrelas"....
 
Já agora, aqui vai o poema das Bodas de Ouro Sacerdotais, celebradas a 25 de Dezembro de 1998. D.António Ferreira Gomes escolheu o dia de Natal (1948) para ministrar o Presbiterado a dois diáconos. Ao P.Horácio e ao P.João Gabriel Monteiro, também um grande amigo, já falecido.
                             
                                                       NATAL 1998
          BODAS DE OURO EM NATAL
 
Mil novecentos e quarenta e oito.
Dezembro. Vinte e cinco.- É esta a data
Da minha Ordenação. Lembrança grata
Do Dia em que eu me dei, feliz e afoito.
 
Bodas de Ouro em Natal!  Que belo intróito
Neste poema que tanto me arrebata!
Se Cristo, em seu Natal, assim me trata,
Em seu presépio me aconchego e acoito
 
Amo este Dia, pois não há Natal
Em que eu não lembre, e cante, e comemore
A minha Ordenação sacerdotal.
 
Bodas de Ouro em  Natal! Que eu não ignore
E sempre no meu íntimo assinale
Esta DATA - de todas a MAIOR!
 
Mandava sempre um poema pelo Natal. Em 2008 dizia, com o título: NATAL DA ETERNIDADE
 
   Já um dia esclareci
   Por que festejo o Natal:
   Nesse dia recebi
   A ordem presbiteral.
          Então sonhei a maneira
          De cantar os meus Natais.
          Agora, queira ou não queira,
          Não cantarei muitos mais.
   Porquê? Avança a idade,
   O que me leva a pensar:
   No coral da Eternidade
   Será que posso cantar?
          Um anjo diz-me que sim,
          Pois cantar nunca é demais.
          E o Menino olha p'ra mim:
          "Canta à vontade os Natais!"
 
   Todos temos um primeiro
   E um derradeiro Natal.
   Cada qual tem seu luzeiro,
   Mas o brilho é todo igual.
 
Um abraço.
MPAntunes      
 
 



publicado por animo às 22:56
link do post | comentar | favorito
|

PIRES ANTUNES FAZ RETRATO MAIS NÍTIDO DO PE HORÁCIO.ANIMUS LANÇA DESAFIO:UM ALMOÇO DE HOMENAGEM A 16 DE JULHO?!

 

Olá Tonho Henriques,
 
Ao deparar hoje com as fotos que o Mendeiros dos milhões nos enviou, lembrei-me do tema que comentaste e que foi inserido nesta página pelo João Lopes. De facto também me baralhei e, lá p'rás tantas, já nem sabia quem estava a falar, se era o João Lopes se o autor (Padre Horácio) das narrativas "Há Vida na Charneca".
 
Continuando no mesmo tema, e lembrando velhos tempos, aqui revividos com saudade, tenho a dizer-te também que o nosso grande amigo Padre Horácio, com a sua facilidade de explicação, me fez compreender de tal maneira a álgebra que comecei a gostar de matemática que, de princípio, era um horror para mim. Outros nossos colegas recordam este episódio da mesma maneira. Afinal, a simplicidade e facilidade com que ele abordava as matérias incutia em nós também a facilidade da compreensão.

A juventude dele  e a sua maneira de estar distinguiam-no na relação que existia entre aluno e professor. Repara só nisto, muitos de nós gostávamos de saber os resultados do futebol aos domingos. Não havia rádio, mas o Padre Horácio tinha um no quarto. No recreio da tarde dos domingos, ele lá sabia o que desejávamos e, não dando muito nas vistas, permitia que dois ou três fossem para o quarto dele a ouvir o resto do relato. Aquilo era um quarto maravilha! O arrumo, a bonecada, representando tocadores dos vários instrumentos musicais, enfim, uma lufada de ar fresco em Alcains.
 
Sabes que ele não entrou no Seminário do Gavião? Em 1936, em Setembro, acompanhado do pai, foi ao Gavião " a fim de mostrar se estava apto para a entrada", mas, em Outubro, entrou em Alcains. No Gavião fez apenas o terceiro ano de Teologia (1945/46), quando D. Domingos Maria Frutuoso pôs em execução o projecto  de reabrir na Diocese o antigo seminário de Teologia. O 4º. ano de Teologia já o fez no Seminário de Alcains onde principiou a dar algumas aulas. Também saberás que não é natural de Vila de Rei, mas que ali passou a sua infância.

A 16 de Julho (nasceu em 1925), dia de Nª.Sª. do Carmo, faz anos.
 
O seu percurso de vida é, de facto, um encanto: As raízes (Góis), a infância (V.Rei), os estudos (Seminários/Alcains, Olivais, Évora, Gavião e Alcains)), professor (Alcains), paróquia (Comenda), professor (Alcains), missões (Malanje), estudos(Lisboa /Instit.Sup.Ciências Sociais e Política Ultramarina e Rio de Janeiro/Licenciatura em Sociologia) e, novamente, missões(Malanje). Muitos dos nossos antigos colegas não devem saber isto e, por isso, me atrevo a referir estas etapas da vida do nosso estimado Padre Horácio. Outros episódios interessantes havia a referir, como, por exemplo, a compra do primeiro violino, o pagamento da viagem do Rio de Janeiro para Lisboa e a prece e o voto  a Nossa Senhora da sua mãe gestante.
Tudo isto está registado na Retrospectiva (Memória)  preparada por ocasião dos 50 anos da ordenação sacerdotal/Dezº.1998.
Um abraço do

 

 

Manel Pires Antunes   

 

NOTA DA REDACÇÃO

Tendo em conta este excelente retrato do Manel ,deixamos o desafio: E POR QUE NÃO UM ALMOÇO DE HOMENAGEM AO PADRE HORÁCIO, POR TODAS AS RAZÔES E MAIS UMA?!

AINDA POR CIMA FAZ ANOS....A UM SÁBADO:
SÁBADO 16 DE JULHO! 

2

Manel&Mendeiros, essa máquina infernal que dominais como poucos, pode pôr-se a funcionar?!

3

Claro que a animus dá uma ajudinha!!!!

antónio colaço

Como aperitivo, aqui fica, para aqueles que porventura não viram, a reportagem que fizemos em sua casa! 

_____________________

memória.ANIMUS DE 4 DE ABRIL

     

Uma conversa há muito desejada e que, graças ao Abílio Martins, seu antigo aluno e ao incansável Joaquim Mendeiros conseguimos realizar esta tarde!

Ainda agora lá estaríamos, não fora a limitação do tempo!

E não há mais palavras a dizer!

Tudo o que há para dizer, vai ser dito!

Obrigado, Padre Horácio.Um privilégio tê-lo conhecido!

antónio colaço

com

joaquim mendeiros

abílio martins

 



publicado por animo às 19:57
link do post | comentar | favorito
|

PARABÉNS,MARGARIDA,ESPOSA DO ZÉ EDUARDO MORA

Caro Colaço
Como já comuniquei, ontem, fez anos Ilda Rosa Santos, esposa do Assis Ribeiro Cardoso.

(NR-Parece que, afinal, a esposa fez anos a 21!!!!Adriano, como é?!)


HOJE, dia 29, faz anos a esposa do José Eduardo Mora, Margarida.
Um abraço
Adriano

 

NR-Aguardamos imagens e contactos.



publicado por animo às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

FRANCISCO, O NOME DO MEU PRIMEIRO NETO!OBRIGADO, RITINHA E PAULO

Peço desculpa aos meus queridos amigos da animus, mas as notícias "não esperam hora...."Em quatro tempos, aqui vai A NOTÍCIA:

 

Ritinha, a Mãe do meu neto,liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinda, com Francisco em seu ventre, ainda!

 

Estes são os ténis do meu neto FRANCISCO!!!!Obrigado, Ritinha e Paulo!

A avô Filomena já a tricotar alegrias de mil lãs, para Novembro e suas frias manhãs!

 

E, finalmente, Paulo Nuno Vicente, o Pai do meu neto Francisco, numa verdadeira e premonitória CANÇÃO DE EMBALAR!

Parabéns,Paulo, para a tua/vossa melhor composição de sempre:

 

 



publicado por animo às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 28 de Junho de 2011
PARABÉNS, ILDA ROSA OLIVEIRA

Caro Colaço
Hoje, dia 28, vai haver festa na casa do nosso amigo Assis Ribeiro Cardoso. A esposa, Ilda Rosa Santos Oliveira, completa mais um aniversário. Parabéns!
Um abraço
Adriano

(AGUARDA IMAGEM E CONTACTOS!!!)



publicado por animo às 17:18
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 27 de Junho de 2011
CLUBE ANIMUS A CAMINHO DOS CINQUENTA...SÓCIOS!!!!132 MILHÕES À ESPERA DAS TUAS INDECISÕES!!!DESPACHA-TE!!!

CÍRCULO ANIMUS – 22.º SORTEIO…À CATA DOS 132 MILHÕES…E…

VENHAM CINQUENTA QUE O CÍRCULO AGUENTA…

 

Caros Amigos,

 

1 - Questão Prévia

Comenda-Ponte Romana

 

Em primeiro lugar, espero que estejam bons de saúde, que eu estou bem, graças a Deus. Era mais ou menos assim que, na Comenda, se começavam as cartas nos tempos do Ti Xico “Soldador” que curava as maleitas do corpo e do espírito, no largo do Mato Laranjal, e do Atílio, o rapaz de bigode à cinéfilo, do Café Alentejano, onde não entravam caçadores, pescadores e outros mentirosos, e que tinha um jeito especial de andar de bicicleta, sempre nas calmas, calcanhar no pedal e biqueiras para fora, nas “duas e dez” ou nas “dez para as duas” conforme a posição dos ponteiros, no caso, de um cronómetro “Pessoa” ou um cronómetro “Silva”, que eram as marcas de relógio que marcavam a época e que por ali se vendiam, trazidas do Gavião pelos relojoeiros que lhes davam o nome.

Vem isto a propósito da evocação destes figurões que eu conheci muito bem e que o P.e Horácio aqui nos trouxe pela pena do João Lopes, completamente rendidos, ambos, aos encantos das gentes da Comenda!!!

Aos dois, aquele abraço e até depois… que eu agora não tenho tempo para mais…tenho de “bater o cavanço” para outras paragens à cata dos 132 milhões!!!...

 

2 – Status Quaestionis

Pois meus caros, já somos 41 !!! Já tínhamos o António Trolho com o n.º 40. Agora, pela mão do Joaquim Nogueira, chegaram-nos o 39, José Antunes Figueira e o 41, Mário Rui Figueiredo Silva. Bem-vindos, então, José Figueirae João Rui, e que os 132 milhões vos acompanhem!!!

Mas podem vir mais…venham cinquenta que o Círculo aguenta…pronto para ganhar tanta milhenta!!!

Se houver alguém que não queira, trá-lo contigo também…porque quanto mais o número avança, maior será a festança!!!

Colaço, prepara os foguetes e os amigos…que a felicitas multos amicos habet

Vale

Mendeiros

 

NR

Joaquim, imagens dos novos sócios, cadê?!

Isto está mesmo a precisar é de um jantarito aí, algures, com ou sem milhões, se calhar uns carapauzitos e um bem temperado arroz de feijões?!(vulgo, arroz de feijão!Era mais para a rima!!!)

antónio colaço



publicado por animo às 23:30
link do post | comentar | favorito
|

JOÃO LUCAS. CARPE DIEM, PERDÃO, SÃO CARPAS,SENHOR!!!!

Não dizem nada ...
mas eu ainda vou fazendo algo diferente !!!
olha esta este fim de semana !!!
É verdadeira !!! são carpas !!!  12h de hoje 26/6/2011

João Lucas



publicado por animo às 23:20
link do post | comentar | favorito
|

MATINAS II

Por vezes ensurdecem, outras, encantam.São a voz do nosso desespero em dias de tanta caloria.Abençoada e solidária cantoria.O que vale é ter incansáveis riachos e ribeiras por perto, todo o ano.

Bora para o banho, se possivel, como os nossos de antanho.
antónio colaço

 

 

 

 



publicado por animo às 10:28
link do post | comentar | favorito
|

ANTÓNIO HENRIQUES. LER ESTAS COISAS DEIXA PAZ INTERIOR

Ó João, li com muito agrado o teu texto. E tanto te soubeste identificar com o autor, grande amigo P. Horácio, que às tantas já não sabia quem falava, se era ele ou tu.
Embora o nosso presente é que se está a viver, não há dúvida que fomos também burilados por homens de engenho e arte. Do P. Horácio, entre outras, tenho a grata recordação de ter sido ele a fazer-me compreender as contas da álgebra (2bx3c?...), que não me entravam na cabeça. Depois de Natal, não sei porquê, mudámos de professor e foi então que eu encarrilei...

Obrigado, P. Horácio.
E também foi ele que daí a três anos me pôs a tocar rabecão em poucas semanas, para uma apresentação pública, com minuetes e tudo. Ricos tempos!
Ler estas coisas deixam-me um misto de saudade e paz interior.

Andámos por bons caminhos...

António Henriques

 



publicado por animo às 10:01
link do post | comentar | favorito
|

Contador
pesquisar
 
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29


posts recentes

ANIMUS DE LUGAR DE ENCONT...

ESTÁ TUDO DITO

ANIMUS O FIM há sete anos...

VEM AÍ A "ANIMUS SEMPER" ...

ANIMUS SEMPER escreve ant...

comasalpcb@gmail.com O E...

O RESPEITO NÃO SE DECRETA...

DAS ELIMINAÇÕES A CAMINHO...

ESTE BLOG TERMINA NO FINA...

NUNCA ACEITAREI REGRAS SA...

arquivos

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

links
subscrever feeds