Sábado, 30 de Novembro de 2013
"EM DIRECTO DA PARREIRINHA DE CARNIDEreportagem de Manuel Pires Antunes

 

Caro Colaço, o S.Remo mudou-se hoje para a Parreirinha.
Aliás, de hoje em dante poderemos, com mais propriedade,  denominar os encontros semanais S.Remo/Parreirinha de Carnide.
Tudo muda na vida.
O almoço esteve bastante condimentado e avinhado,muito participado pelos oito companheiros que se juntaram.
Duas notícias: faleceu há cerca de 15 dias  o nosso amigo José Domingues Roque.

Foi desde sempre grande entusiasta dos nossos encontros.
O Figueira, de Monsanto, tem estado com problemas de saúde.Esteve internado no Hospital da Luz.Esperamos que depressa apareça, pois está a melhorar.

Força, Figueira!Saúde.Esperamos por ti.
De resto, a imagem fala por si.
Um abraço.

Mpa

 

NR

Temos imagem do José Domingues Roque, Manel?!

ac



publicado por animo às 15:38
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013
PARABÉNS, MANUEL CARDOSO
Do Facebook, com a devida vénia ao nosso querido e incansável ADRIANO AMENDES.Resta só acrescentar que o Manel anda por aqui:933297465.

ac





 

Bom dia, Manuel Cardoso. Sim, meu caro, que este dia seja mesmo um dia muito bom. Claro que sim, que é só mais um dia, nem podia ser de outra forma; mas este é diferente, encerra uma sequência de 365 dias. Parabéns! Que venham muitos com saúde, alegria, paz e com muita luz. Um abraço

 



Bom dia, @[100000640449195:2048:Manuel Cardoso]. Sim, meu caro, que este dia seja mesmo um dia muito bom. Claro que sim, que é só mais um dia, nem podia ser de outra forma; mas este é diferente, encerra uma sequência de 365 dias. Parabéns! Que venham muitos com saúde, alegria, paz e com muita luz. Um abraço







publicado por animo às 11:23
link do post | comentar | favorito
|

PARABÉNS, PE ÁLVARO!!!

Foto ZVD.No Magusto do San Remo.

 

 

 
Parabéns, Pe Álvaro. Muitos e melhores anos! Praebibo tibi! Abraços
 
Gosto · · Não seguir publicação · há 13 minutos
  • Ânimo Dias Mais LevesMesmo que saiba que o Pe Álvaro não passeia por aqui, para quem quiser pegar-lhe na mão e passear com ele neste dia, aqui fica:962709399. Parabéns, rapaz!!!
    (Foto ZVD no encontro das mendeirinianas sevilhanas no San Remo!!!(mauzinho eu sou, Quim, Joaquim Mendeiros Pedro!!!Abc)
    Foto de Ânimo Dias Mais Leves.
  • Ânimo Dias Mais Leves


publicado por animo às 09:56
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 24 de Novembro de 2013
SAUDADES DE FUTUROS S.MARTINHOS escreve José Centeio

Fotos ZVD

 

O S. MARTINHO JÁ LÁ VAI...

FICA-NOS A SAUDADE E O DESEJO DE NOVA CHAMADA

 

O S. Martinho já lá vai, é verdade, mas resta-nos a lembrança de uma tarde bem vivida e o desafio da saudade para muitas outras que ainda nos restam viver, se Deus permitir e nós deixarmos. A pretexto do S. Martinho e porque, sublinha o Mendeiros, a tradição ainda marca o compasso, lá foram uns quantos de nós a caminho do S.Remo ali para as bandas do Saldanha a quem o linguajar democrático retirou o título de duque. Animava-nos, é certo, o repasto, a anunciada castanhada como manda a tradição, as surpresas pré-anunciadas, mas sobretudo o que nos fazia acelerar o passo era o calor do abraço dos velhos – sempre novos – companheiros de aventura. Há coisas que não se contam, apenas se vivem, porque a vida, por maior que seja o esforço e a criatividade, não cabe no espaço da nossa racionalidade. A ausência de alguns dos que aí gostaria de encontrar foi, em parte, compensada pela presença inesperada de outros.

 E como a vida tem um não sei quê de castiço, lá acabei por encontrar o nosso amigo Castiço vindo das terras graníticas de Monsanto. Conversa puxa conversa, lá fomos desfiando as pequenas aventuras da vida- umas melhores, outras piores -, marcando novas falas para um qualquer dia ainda não anunciado.

Aliás, surpresas foi coisa que não faltou neste nosso encontro de S.Martinho.

Para além das já tão propagandeadas curvas ondulantes e provocadoras da sevilhana (da dança, entenda-se) e da presença sempre querida do Padre Álvaro, não faltou uma sessão, mesmo se improvisada, de autógrafos e o anúncio profético da retoma dos encontros da Buraca. Mas vamos por partes, não vá ainda alguém atrever-se a pensar ter sido a água-pé a turvar-me o juízo. O Manuel Pires Antunes decidiu brindar alguns de nós – fui um dos felizes contemplados – com a sua incursão histórica pelo poder autárquico, melhor dizendo, com o seu livro sobre a história da recentemente extinta Freguesia de São Francisco de Xavier, agora casada ou amancebada com Santa Maria de Belém, por imposição da nova Reforma Administrativa da cidade de Lisboa. Deste casamento nasceu uma filha, de seu nome Belém, que não fora por todos abençoada já que outras preferências de nome se delinearam, embora sem qualquer influência sobre os padrinhos de baptismo, o que acabou por enterrar de vez o Restelo.

Presumo que tão justa e equilibrada pretensão tenha causado nos padrinhos de baptismo da agora recém-nascida frequesia, o receio de ressuscitar a voz desse Velho do sítio, outrora cantado pelo poeta, mas que nestas andanças de reformas administrativas manda a prudência que não se ressuscitem tais presságios.

Pela parte que me toca, bem-haja, Manuel, por me recordares a importância do poder autárquico no trabalho de proximidade com as populações e das pessoas que, democraticamente, o exercem com dedicação, empenho e amor ao território e às suas populações, pois assim se aprende, se constrói e se aprofunda o que chamamos democracia.

Finalmente, para despertar vivências de outrora, anunciou o Mendeiros com ar quase solene, a reactivação dos encontros da Buraca. Na impossibilidade de se voltar  à Buraca e como no delegar é que reside muita da sabedoria, ficou o amigo Padre Álvaro incumbido de encontrar novo local para tão desejado reencontro. Sendo eu jovem caloiro nestas andanças não sei exatamente o que isso significa, embora tenha podido avaliar, pelas reações e entusiasmo de muitos dos presentes, que a tradição e os ritos são importantes e marcam realmente o compasso. Ficarei a aguardar que me satisfaçam a curiosidade.

Com o balanço de tanta novidade, houve até quem perguntasse para quando o encontro de Natal, ao que o Mendeiros respondeu, meio desprevenido pela ousadia, que esse não constava dos anais da tradição deste tão digno grupo. 

Satisfeita a curiosidade dos ausentes, aqui me despeço até, quem sabe, a um próximo encontro na Buraca ou qualquer outro local onde possamos viver e partilhar um pequeno pedaço do resto das nossas vidas.

Sejam felizes em seara de gente.

José Centeio

 

 

COMENTÁRIO

 

Afogado em andanças mil, não me foi possível subir ao San Remo mas folgo em saber, por teu intermédio, Zé, a boa notícia, não do regresso à Buraca (é uma pena que o local não possa manter-se.Será que ficou inoperacional com as obras?) mas da retoma dos Encontros em Lisboa no último sábado de Janeiro como desde sempre aconteceu.

Foi, aliás, na Buraca que em mim se acendeu o desejo de tudo fazer para contribuir para as tantas pontes hoje lançadas entre as diversas gerações de nós.

Foi, aliás, nesse sentido, que propus, depois do encontro de Portalegre, que o encontro do ano seguinte tivesse lugar em Lisboa. Uma espécie de não perder a dinâmica da Buraca tendo em conta, para o melhor e para o pior, que é por Lisboa que se encontra a grande maioria dos ex-alunos, alguns deles, com reconhecida vontade de se aproximarem depois de muitos anos de afastamento.

Sem prejuízo da manutenção e enriquecimento dos ENCONTROS DE MAIO.

Por mim, quero aplaudir.

E que tenhas sido tu, Zé, a dar a notícia, tanto melhor.

És o último e mais perfeito exempo de quem, tendo chegado há tão pouco tempo, afortunadamente,  tanto por todos nós tem feito.

Obrigado, Zé.

antónio colaço 

 



publicado por animo às 23:32
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 19 de Novembro de 2013
SAN REMO. A REPORTAGEM COMPLETA DE ZVD-ZÉ VENTURA DOMINGOS

 

 

 

 

NR

Afinal, tinha nome a única imagem de conjunto recebida "em directo do San Remo": ZVD, já se vê!!!
Obrigado Zé Ventura Domingos.

Mais logo editaremos o resto.

Ficam estas para aperitivo e com o cházinho inicial....

Obrigado!

antónio colaço

............................................................

 

 

Boa Noite

 

Durante o almoço de sábado, enviámos uma primeira fotografia para o nosso editor habitual, que tem andado bastante ocupado com as suas gravatas e outras simbologias, lá para os lados do deserto, do outro....que jamais......

Agora, enviamos a reportagem completa, com sevilhanas e tudo, mas sem som, o que é pena !

 

Aquele abraço

ZVD

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por animo às 10:28
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 17 de Novembro de 2013
IN MEMORIAM AGOSTINHO BEATO

Da página do António Domingos Sousa, no Facebook, com a devida vénia:

Uma notícia sempre triste.

Hoje desloquei-me à minha terra natal, Escalos de Baixo,  de visita a minha mãe e tive conhecimento do falecimento de Agostinho Beato, que foi professor de português de muitos de nós, em Alcains.

O funeral teve lugar ontem, Sábado.

 

António Domingos Sousa

 

 

 
Meu caro Agostinho Beato - apetecia-me dizer meu querido Pe Beato - escolho este momnto para me penitenciar de nunca o ter abordado como tantas vezes desejei, eu que tantas entrevistas gravei com tantos de nós, antigos alunos e antigos professores.

 Mas a si, queria dizer-lhe, olhos nos olhos que, afinal, esse seu lado austero e exigente tinha sido coisa do passado porque afinal, sempre que podia, já no seu novo estatuto, vinha conviver connosco.

Não sei porquê mas perseguia-me a ideia de que não gostasse de lhe falar na sua anterior situação quando o que só queria era exactamente ouvir da sua voz que, afinal, era muito mais humano e acessível do que naqueles tempos.
Sim, exigente mas, por isso mesmo, contribuindo para que aprendessemos o Francês das nossas vidas.

Obrigado por tudo o que fez por nós.

Até sempre, caríssimo professor de Francês.

antónio colaço

PS

Pode não ser tão agradável perder dois minutos das nossas ocupadas vidas mas, será que, entre os tantos convívios que fazemos em torno das mesas não arranjamos uma mesa para perder dois minutos a evocar a memória de mais um de nós que já partiu?!

A animus, voltamos a repetir, quer ser, também, um lugar para fazer perdurar memórias.Ponto.

 

Agostinho Beato, o primeiro à esquerda num dos útimos Encontros na Buraca.

......................................................................................

TESTEMUNHOS

Joaquim Mendeiros

(Da página do Face book, com a devida vénia);

 

O nosso professor Pe (ao tempo) Agostinho Beato, conterrâneo do Sousa, dos Escalos de Baixo (ou de Cima, que a posição aqui não é relevante), era o professor de português da malta do meu ano, do 4.º ano, se não erro.

Num belo dia de Junho (ou Julho) p
or alturas dos exames finais, junto à árvore (uma tília), que existia no recreio, à direita do edifício do Seminário, do lado do campo de futebol, o Pe Beato, perante a nossa insistência para falar da matéria que ia sair no exame, agarra num papel e diz-nos com o tal sorriso de orelha a orelha: “o vosso ponto está aqui”.

Ficámos, naturalmente, em pulgas…e, então, ele, com uma calma olímpica, enquanto nós andávamos à sua volta, aos saltinhos, rasga o ponto, em pedaços, e larga-os para o chão, ao mesmo tempo que o sorriso se alarga…

Perguntámos-lhe se poderíamos apanhar os papelinhos…e o sorriso transformou-se num riso galhofeiro, como quem diz: ah! ah! ah! mas que graça, que vocês têm!!!

Pois bem. Nós apanhámos todos os pedacinhos, levámo-los para a sala de estudo e fizemos a reconstituição do ponto, integralmente, durante os recreios, utilizando a técnica da tinta em degradé, que consistia em agrupar os papelinhos de acordo com a intensidade da tinta da folha policopiada em stensil… e o ponto aí estava, pronto para ser metido nas cabeças.

Foram artífices desta façanha, o Martins da Silva, o Lourenço Delgado (já falecido), o Bonifácio e eu próprio (espero não ter esquecido ninguém).

Ainda estou a ver a cara da malta, no dia do exame escrito, quando vimos que o ponto era mesmo aquele!!! Bem, o nosso sorriso era incomparavelmente maior do que o riso do Pe Beato no dia em que o rasgou.

Todos tivemos notas fantásticas… e só tenho pena de não ter conseguido encontrar a foto que eu tenho, mas não sei em que gaveta, onde o Manel Pires gravou para a posteridade aquele maravilhoso feito, com a legenda “SABER”, ficando à espera que o Martins da Silva, o Lúcio, o Bonifácio, o Zé Castilho, o Mateus, o Eusébio…ou o Manel Pires a enviem para a Animus
.



publicado por animo às 23:55
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 16 de Novembro de 2013
ÚLTIMA HORA : DIÁCONO REMÉDIOS INVADE ANIMUS!!!!

 

-Ó meus amigos....zzzz, sim, fui eu quem ibadiu este chaite porque isto está a tomar umas proporxões nunca bistas!!!!

Então mas isto agora é xó comesainas....zzzzz?!
Ele são lanches ajantarados  em bons hóteis da capital!
Ele é devorarem os pobres cabritinhos do interior, coitaditos....zzzz com pele e tudo!

Mas o cúmulo foi atingidos hoji com esta xenhora castelhana, perdão, xevilhana....nestes trjes com os bracinhos ao léu...éu...éu....na capital do Xan Remo.
Remo, Demo, isto anda tudo ligado!!!Bejam a cor abermelhadíssima da pobre xenhora, toda cheia da bermilhidão do mafarrico, credo!!!
Como é que não deram por ixo, hum!

Ó balha-me Deus.....zzzzzNão habia nexexidade!!!!hum!

 

Xegundo me dixeram, estas meninas....zzzz foram contratadas por um sinhuor bindo das terras da Comenda!!!
Mas que rica encomenda me saiíste, meu malandreco..
Ainda bem que te pus na rua e não xegaste ao fim, meu xatanás com calças!!!

Óh tempus, oh mores!!!

Ficainde a saber que todos quantos não apagarem dos seus computadores esta mulher com o diabo aos folhos no corpo estão caídos em pecado mortal....llllll

Bá, ide-bos lá a apagar a xevilhana dos bossos computadores e toca a comer a boa castanha.

Podeis beber um pouco de água-pé se prometerdes que bos portaindes bem!

2

Ponde aqui os olhos nos meninos de 1956 e dijei se não é bonito andar pelos caminhos de Deus.....zzzz:

 

 

Lede o que o menino Cesar Xisto escrebeu no Feixebook. Bejam como ele era, tão puro, tão "espetadito" e como ficou....

 

...com esta xenhora que o desencaminhou dos xeus xantos caminhos....zzzzz:

 

 

 

Aqui estão os seminaristas que entraram no seminário do Gavião no ANO DE 1956, tendo na primeira fila os professores que, se não me falha a memória, são, da esquerda para a direita, Pe Milheiro, Pe Alberto, Pe Aníbal, Pe Justo (Reitor), Pe Justo (sobrinho) e Pe Cardoso.

Eu, César Xisto, estou logo atrás do Pe Aníbal, com os meus cabelos em pé.

Convido os antigos colegas a se identificarem.

Com um grande abraço para todos.

Cesar Xisto

 



publicado por animo às 23:48
link do post | comentar | favorito
|

S.MARTINHO, VINHO NOVO, CASTANHAS E...SEVILHANAS, MEU POVO!!!

Recebido através do tlm do Manuel Pires Antunes com a seguinte mensagem:

"Aqui vai um dos momentos...
Olha o que tu perdeste,

Mpa

 

 

Ainda do San Remo, de um outro número de telefone, recebemos a seguinte imagem, sem sevilhanas:

 

Directamente do Facebook, com a devida vénia, os primeiros testemunhos do que por lá terá acontecido do almoço de São Martinho:

 

Manel Pires AntunesLogo vi que teria havido algum imprevisto para a falta (NR do João Peres) verificada no almoço de S.Martinho... Houve farra, da boa....
  
  • Joaquim Mendeiros PedroMeu caro João Peres. Almoços, haverá muitos...agora surpresas com a que perdeste poderá não haver tantas assim. A culpa, claro, não é tua...é do sistema. Há sempre um sistema que sistematicamente nos surpreende. Não é surpresa para ninguém. Abraços

 

 



publicado por animo às 22:26
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 15 de Novembro de 2013
ALMOÇO DE S. MARTINHO NO SAN REMO.SAB 16 NOV.13H transcrevemos do Facebook com a devida vénia

Transcrevemos do Facebook com a devida vénia:

 

 

Almoço Convívio Pós-S. Martinho/Pré-Natal Restaurante S. Remo – 16NOV2013 (Sábado) Caros Amigos, Desta vez, vamos remar para o S. Remo. Somos quase 40 remadores, mas como remamos com os dois braços, cada uma de nós vale por dois, pelo que, em boa verdade, valeríamos por quase 80! Mas não é por isso que pagamos mais, não, senhores. Pagamos exactamente como se fôssemos quase 40 ou quase menos, se for caso disso! E mais: no preço do almoço já está incluída uma das nossas costumadas SURPRESAS que, evidentemente, por ser surpresa, não posso revelar. Infelizmente para eles, muitos não podem estar presentes (ou porque têm de tratar dos netos, ou dos filhos, ou dos pais, ou deles próprios, ou por isto, ou por aquilo…) mas, claro, haverá sempre uma nova oportunidade (uma vez por ano), para comemora...r o S. Martinho. As surpresas é que podem falhar, no futuro… Aí vai, então, a relação dos 35 remadores já confirmados ad probationem. Temos mais 6 pendentes de confirmação (por causa dos netos, dos pais, etc…), mas a nossa capacidade de resposta é inter alia, de se lhe tirar o chapéu. INSCRIÇÔES 01 – João Torres Heitor (2) 02 – Joaquim Dias Nogueira (1) 03 – Manuel Pires Antunes (2) 04 – Pe Álvaro de Jesus (1) 05 – José Ribeiro Andrade (2) 06 – António Pires (1) 07 – Manuel Inácio (2) 08 – Manteigas Martins (1) 09 – Armindo Luís (2) 10 – Joaquim Mendeiros (2) 11 – Alberto Duque (2) 12 – António Martins da Silva (2) 13 – Alexandre Pires (2) 14 – Castiço (1) 15 – Manuel Luís Farinha (2) 16 – António Mendes Jorge (2) 17 – Francisco Cardosa (1) 18 – José Centeio (1) 19 – José Figueira (1) 20 – João Correia Neves (1) 21 - Manuel Pires Marques (2) 22 – José Alves Dias (1) 23- João Peres (1) Total de Inscritos confirmados:35


publicado por animo às 01:49
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 13 de Novembro de 2013
PEDIDO DE DESCULPAS

 

 

 

Aos meus queridos colegas de 1963.

Fizemos o convívio, e que convívio, de celebração dos 50 anos da entrada no Seminário de Gavião.

A reportagem continua a aguardar.

O pessoal é assim, para que nada falte ao pessoal dos outros anos.

As desculpas.

Mais tarde voltaremos



publicado por animo às 02:19
link do post | comentar | favorito
|

Contador
pesquisar
 
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29


posts recentes

ANIMUS DE LUGAR DE ENCONT...

ESTÁ TUDO DITO

ANIMUS O FIM há sete anos...

VEM AÍ A "ANIMUS SEMPER" ...

ANIMUS SEMPER escreve ant...

comasalpcb@gmail.com O E...

O RESPEITO NÃO SE DECRETA...

DAS ELIMINAÇÕES A CAMINHO...

ESTE BLOG TERMINA NO FINA...

NUNCA ACEITAREI REGRAS SA...

arquivos

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

links
subscrever feeds