Sexta-feira, 12 de Julho de 2013
PE HORÁCIO . UM INCANSÁVEL PEREGRINAR escreve João Lopes.INSCRIÇÕES PARA O ALMOÇO

Caríssimo Colaço
 
Aí mando umas palavras toscas  de quem não pode estar presente ao almoço de homenagem ao nosso P. Horácio.
 
Viva o P.Horácio e a sua vida, cheia de anos, poesia e cultura, de generosidade e doação a  toda a gente, sem distinção de raças, de classes e  fortuna. Um sacerdote português, no pleno sentido da modernidade, na linha profética do Papa Francisco.
 
                 Sob uma doce estrela nasceu
                 Em Góis, perto de Coimbra,
                 Na borda das águas amenas do Ceira,
                 O nosso querido amigo e professor,
                 O P:Horácio Nogueira.
 
  Sua vida foi um incansável peregrinar, na ânsia pessoana de a nossa diáspora conhecer...
   Desbravador de almas, heróico bandeirante da selva africana, cheia de histórias lindas de encantar...
  Em cada pessoa via um cidadão do REino de Deus, na terra por achar!
  Português, de cepa inteira,
  Como o Infante navegador,
   De Alcains a Malange
    DE Luanda ao Rio de Janeiro,
    Cadinho de povos e de raças,
    Sempre a pesquisar, no colorido da vida tropical,  o Mundo que o Português, errante e cordial, na História nos deixou....
Muitas bênçãos de DEus, para Horácio, grande poeta da Lusofonia, a entoar para sempre, entre remotas gentes e povos, um hino de paz e harmonia!
João Lopes
..............................................................................
ÚLTIMA HORA
..............................................................................
...............................................................................
 
Vindo do Joaquim Mendeiros, no preciso momento da edição deste post, aqui está o
CONVITE
Apareçam ALMOÇO HOMENAGEM PE HORÁCIO
16 JULHO . TERÇA 
12.30
RESTAURANTE BORGES
R. CURRY CABRAL 4 - PAÇO DE ARCOS
 
TELF MENDEIROS . 969015114
 

UMA VENTURA EM… PAÇO DE ARCOS

Meus Caros Amigos,

Tempus fugit…mas não o podemos deixar afastar muito, porque precisamos dele para podermos fazer anos, muitos e bons anos.

Desta vez cabe a sorte ao Pe Horácio.Partimos para a festa de aniversário dos seus 88 anos, à aventura, sem sabermos se poderíamos contar com a sua presença no almoço, no próximo dia 16, terça-feira, e já temos a garantia de que ele vai estar connosco, salvo sempre motivo de força maior, naturalmente.

Ficou radiante, quando falei com ele, e só precisamos de o lembrar, na altura própria. Podemos, então, dizer que vamos viver uma autêntica VENTURA…em Paço de Arcos, com a força dos afectos, do convívio e da amizade…

A máquina está a funcionar em pleno, com o Heitor e o Nogueira nos contactos com o pessoal que não tem internet, nem computador (que ficam sempre à margem das novidades que a Animus difunde), com o Filipe a marcar mesa e a ajustar a ementa no restaurante BORGES, o Silvério a tratar das flores, o Pires Antunes nas lembranças do passado do Pe Horácio e eu por aqui e por ali.

As inscrições continuam abertas através da Animus ou para os telemóveis de qualquer um de nós.

O restaurante BORGES está à nossa espera nas traseiras da Rua Curry Cabral, em Paço de Arcos. O acesso mais fácil é o seguinte:

    - Seguir pela marginal no sentido Lisboa / Cascais, deixar a marginal na terceira e última saída para Paço de Arcos (à direita, depois do jardim), percorrer cerca de 100 metros e antes da Gasolineira da BP virar à esquerda. O restaurante é logo ali (atrás daquele cabeço, como diriam os alentejanos).

A EMENTA é recheada de coisas boas: beijos, abraços, sorrisos…e uns petiscos de se lhe tirar o chapéu.

No fim, nem se dá pela conta!!!

Abraços,

Mendeiros

.....................................................................

Caro Mendeiros, (via Colaço e Zé Centeio)

É verdade que continuas com uma boa memória! Por isso, eu já desconfiado, não quis apostar contigo. Pois já tinha escrito isso mesmo em 2011: Que o Pe. Horácio era o quarto de seis irmãos, todos nascidos em Góis. Um tipo está cada vez mais velho e os resultados ....

 

No que respeita a datas, vamos então pôr isto em ordem. E no seguimento do que anteriormente escrevi, o Pe.Horácio diz que "O ensino secundário e a Filosofia estenderam-se até Julho de 1932".................... 

 

"Em Outubro de 1942, iniciei o curso teológico no Seminário de Cristo Rei dos Olivais (Patriarcado de Lisboa). Ali estudavam candidatos de quatro dioceses: Lisboa, Aveiro, Faro e Portalegre. Era reitor Mons. Pereira dos Reis, uma figura de prestígio cujo nome encheu uma época.

 

.....Após um ano de repouso, Em Vila de Rei, acompanhei os colagas para o Seminário de Évora. Ali estudei, em 1944/45, o segundo ano de Teologia, ao tempo do reitor Mons. Pantaleão Costeira.

 

No ano lectivo seguinte (1945/46), Dom Domingos Maria Frutuoso pôs em execução o projecto de reabrir na diocese de Portalegre o antigo seminário de Teologia. Foi escolhido, para a experiência, o Seminário de Gavião (Alto Alentejo). Ali fiz o terceiro ano.

 

No dia 20 de Outubro de 1946 voltei ao Seminário de Alcains, desta vez com a dupla tarefa de finalizar o curso de Teologia (4º ano) e de dar algumas aulas. Assim principiei a actividade de docente.

 

De Outubro de 1946 a Julho de 1952, leccionei no Seminário de S. José, em Alcains."

 

................ "Em dada altura solicitei uma paróquia e Dom Agostinho de Moura, (.....)

 

mandou-me para a Comenda (Gavião-Alto Alentejo). Tomei posse no dia 26 de Julho de 1952 e lá permaneci dois anos, que considero muito felizes.

 

Recordações especiais, para além do convívio com as pessoas: a criação do grupinho coral infantil "As cotovias da Comenda" e o nascimento de dois livrinhos: "Estrela da Planície" (versos) e "Há Vida na Charneca" (narrativas).

 

Em Outubro de 1954, regressei ao Seminário de Alcains, onde continuei a leccionar até Julho de 1958.

 

É deste período uma agradável tarefa que me deixou gratas recordações e bastantes amizades: a da restauração do Orfeão de Castelo Branco, por iniciativa do Comércio local".

 

 

Por hoje, já basta de datas. Ontem deitei-me tarde e tenho que recuperar para amanhã ter forças para calçar as meias elásticas. Estreei hoje umas meias novas e estive quase uma manhã inteira para as calçar! Isto é um castigo, pá! 

 

Um abraço.

 

Mpantunes

 

PS- O  Manel Pires Marques telefonou-me há pouco, de Tomar, e diz que na terça está cá para participar no almoço. Inscreve-o lá.  

 

 

 



publicado por animo às 19:36
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29


posts recentes

ANIMUS DE LUGAR DE ENCONT...

ESTÁ TUDO DITO

ANIMUS O FIM há sete anos...

VEM AÍ A "ANIMUS SEMPER" ...

ANIMUS SEMPER escreve ant...

comasalpcb@gmail.com O E...

O RESPEITO NÃO SE DECRETA...

DAS ELIMINAÇÕES A CAMINHO...

ESTE BLOG TERMINA NO FINA...

NUNCA ACEITAREI REGRAS SA...

arquivos

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

links
subscrever feeds