Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2015
ANTÓNIO HENRIQUES JUNTA-SE À CONVERSA SOBRE O PE ESCARAMEIA

IMG_4495.jpgK.jpg

Descobri por acaso. Mas olha que o testemunho do meu amigo Escarameia é muito rico na sua simplicidade. Aqui vai todo, mas podes publicar apenas as suas palavras sobre a ida para o Seminário. Abraços, A.Henriques

-------------------------------------------------------
Nasceu a 26 de Julho de 1937, em São Salvador da Aramenha - Marvão, e foi ordenado padre a 8 de Julho de 1962. Começou a sua vida sacerdotal em Nisa, passando depois, em 1966, para Proença-a-Nova. Em 1967 foi nomeado pároco de Aboboreira, no concelho de Mação, e em 1973, pároco de Vila Velha de Ródão. Acumulou depois, com esta paróquia, as paróquias de Perais em 1979 e Fratel em 1986, terras de que ainda é pároco.
Além do curso dos seminários diocesanos, estudou órgão clássico, canto gregoriano, tendo completado a especialidade de harmonização e regência coral, em cursos de verão, no estrageiro. Colaborou com o grande musicólogo e também regente coral, Cón. Manuel de Faria, na realização de cursos de aperfeiçoamento de regência orfeónica, no norte do país. Foi formador musical, no Seminário de Portalegre, no ano letivo de 1979/80, regente do orfeão de Proença-a-Nova, professor de órgão, numa escola particular, de Educação Moral e Religiosa Católica, Educação Musical e Informática, na Escola de Vila Velha de Ródão.
"Nesta fase da vida, apetece-me olhar para traz e recordar como nasceu a minha vocação ao sacerdócio! 
Vindo de uma família humilde que saiu da Aramenha, para uma fazenda (quinta) perto de Marvão, recordo que, ainda criança, ao ser questionado sobre o que gostaria de ser, quando fosse "grande", respondia sempre, com ligeireza: ou padre, ou médico, ou farmacêutico.
Durante a instrução primária, frequentei a catequese paroquial, dada por uma freira muito novinha - a irmã Presenta (diminutivo de Apresentação) - que me dizia muitas vezes que "ser padre é melhor que ser médico e farmacêutico". 
No seminário de Gavião, o 1º ano foi de adaptação. 
Antes do início do 2º ano, durante as férias, vem uma carta do reitor do seminário a informar o dia da entrada e o valor que cada aluno devia levar para pagar a mensalidade e os livros. Era a primeira grande deceção: 
- "...o nosso filho não pode continuar no seminário, porque não comportamos as despesas!... Vai trabalhar para a farmácia!...
Era decisão tomada por meu pai, por isso não havia alternativa.
Vi a minha mãe chorar, algumas vezes... 
Meus pais viviam numa fazenda à renda. Todo o fazendeiro tinha, como compromisso de honra, pagar a totalidade da renda, ao senhorio, no último dia do ano. 
Um dia, em finais de Setembro, cheguei atrasado à Missa. Recordo-me que levava o fato da semana, velhinho mas muito limpinho, como era habitual. Fiquei atrás, no último banco, com o meu livrinho de orações, por onde aprendi a ajudar e a responder à celebração da Missa, com o meu latim macarrónico, e eis que se aproxima um casal idoso, bem vestidos, que tinham assistido à Missa. O idoso perguntou-me como me chamava, e... sem mais, abriu-me a mão, colocou dentro um papel e retirou-se. Eu disse um obrigado muito tímido e só abri a mão momentos depois. Quando abri e vi o que era, confesso que fiquei perplexo, sem saber o que fazer. Eu era muito tímido, mas lembrei-me que devia agradecer. Corri para a porta da Igreja, para perguntar quem eram os senhores, mas já não vi ninguém. Não me recordo o que me passou pela cabeça!... 
Nesse dia não fui à sacristia, como era hábito, cumprimentar o sr prior que, mais tarde, referiu ter estranhado a minha ausência. Estava confuso. Tudo era muito estranho!... Uma nota que parecia um lençol!...
Corri para casa, para mostrar o que me tinham dado. Não foi fácil convencer os meus pais, pois era uma nota muito "grande", dada por desconhecidos!... Meu pai temia que eu a tivesse furtado a alguém. Minha mãe, mais confiante, porque me conhecia melhor, dizia: "deixa lá, homem, pode ser que seja milagre de Nossas Senhora da Estrela, para que o nosso filho volte para o seminário!
Nesse mesmo dia, meus pais levaram-me junto do sr prior, para que o caso ficasse esclarecido. 
Resultado: se o sr prior esteve envolvido naquela história, nunca o confessou e até negou. E nós nunca soubemos quem era o bondoso casal. 
Talvez minha mãe tivesse razão!...
Aceito, reconhecido, as manifestações de gratidão de quem, comigo unido no afeto, na oração e no sacrifício me ajudam a agradecer a Deus e a suplicar-lhE: "Senhor, faça-se a vossa vontade".

 



publicado por animo às 16:02
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29


posts recentes

ANIMUS DE LUGAR DE ENCONT...

ESTÁ TUDO DITO

ANIMUS O FIM há sete anos...

VEM AÍ A "ANIMUS SEMPER" ...

ANIMUS SEMPER escreve ant...

comasalpcb@gmail.com O E...

O RESPEITO NÃO SE DECRETA...

DAS ELIMINAÇÕES A CAMINHO...

ESTE BLOG TERMINA NO FINA...

NUNCA ACEITAREI REGRAS SA...

arquivos

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

links
subscrever feeds