Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2015
HABEMUS PROJECTO DE ESTATUTOS joaquim mendeiros

Princípios Programáticos Estatutários”

Projeto

Caro António,

Com votos de boa saúde, toma lá três notas (das verdadeiras, claro):

 

    1. Não vou, por agora, fazer qualquer comentário sobre o magnífico encontro de 31 de janeiro, em Linda-a-Pastora, porque ainda me estou a deliciar com as imagens e intervenções que não me canso de ver e ouvir, que nos trouxeram o António Eduardo e o Zé Ventura, que dizem tudo. Espero pelas tuas e logo se verá se terei inspiração para aditamentos.
    2. Como prometido, junto envio o projeto titulado de “ Princípios Programáticos Estatutários” da nossa Associação (porque não se trata de verdadeiros “Estatutos”) para discussão alargada na Animus até 16 de maio, em Abrantes, onde procederemos à votação do documento final que daí resultar, com ou sem alterações.
    3. O projeto teve por base um anteprojeto do João Oliveira Lopes, e surge na sequência de uma deliberação da Assembleia da Associação realizada em maio de 2014, em Proença, onde havia sido incumbido um grupo de trabalho constituído pelo João Lopes, pelo João Peres, pelo Rogério de Almeida e por mim próprio, e o resultado aí está para debate. Debata-se, portanto, antes e decida-se, depois, em Abrantes. O debate terá lugar, igualmente, no Facebook, onde será publicitado o documento após publicação na Animus.
  • De qualquer modo, na quarta-feira darei notícias, boas, espero, sobre a tal questão que vem sendo sistematicamente adiada, presentemente recolhida em banho-maria, digo, em “seco-envelope”, com a cor verde da esperança que nunca morre. Nessa altura te direi se “fortuna tibi favit”.
  • Três abraços (um por cada nota)
  • Mendeiros

 

ASSOCIAÇÂO DOS ANTIGOS ALUNOS DOS SEMINÁRIOS DA DIOCESE DE PORTALEGRE E CASTELO BRANCO

 

PRINCÍPIOS PROGRAMÁTICOS ESTATUTÁRIOS

 

Capítulo I

 

Denominação, natureza e objetivos

 

Artigo 1.º

 

1 - A Associação dos Antigos Alunos dos Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco, abreviadamente designada por ASAL, é uma associação de carácter aberto e informal, sem enquadramento jurídico definido nem sede física precisa, tendo como matriz de identificação o facto de os seus associados terem frequentado os seminários da diocese de Portalegre e Castelo Branco.

 

2 – A partilha desta experiência, moldada na educação humanista, é o laço mais forte que une os seus associados.

 

3 – Sem prejuízo da sua autonomia, a Associação mantém uma relação privilegiada com a Diocese de Portalegre e Castelo Branco e com associações de idêntica natureza, podendo fazer parte, formal ou informalmente, das respetivas uniões ou federações.

 

Artigo 2.º

 

1 - A Associação coloca o acento tónico da sua ação no encontro dos associados e na crença das suas potencialidades criativas e regeneradoras, com a dimensão simbólica e espiritual decorrente da vivência individual e comunitária dos seus membros.

 

2 - O sentido eminentemente comunitário da Associação nasce e sobrevive, graças à riqueza da organização das reuniões dos associados com base nos princípios da amizade e da solidariedade.

 

Artigo 3.º

 

Para a concretização dos objectivos que prossegue, a Associação promoverá:

a)Uma reunião geral dos associados, pelo menos, uma vez por ano;
b)A realização de colóquios, palestras ou visitas, de caráter cultural, artístico e recreativo;

c)A concessão de auxílio moral, material e profissional aos antigos alunos dele carecidos, na medida das suas possibilidades.

Artigo 4.º

1 - Para manter vivo e atuante o espírito associativo, serão aproveitadas as potencialidades da Internet, que, assim, se constitui na sua sede natural.

2 – Podem, no entanto, ser difundidas folhas informativas , em papel, aos associados inscritos que o desejarem.

3 - São estes os canais por onde passarão as informações relevantes da vida dos associados e da sua atividade no âmbito da Associação.

 Capítulo. II

Dos associados

Artigo 5.º

1 - A Associação é um espaço de liberdade e respeito pela diferença sem restrições ideológicas ou religiosas e distinções sociais e económicas.

2 - Podem ser associados, todos aqueles que tenham frequentado os Seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco, se inscrevam e adiram livremente às atividades propostas.

3 – Qualquer associado é livre de promover encontros de antigos alunos dos seminários do seu ano ou de grupos de anos e de neles participar, sem qualquer restrição ou interferência da Associação.

Artigo 6.º

Para fazer face às despesas de gestão corrente, os associados pagam uma quota anual facultativa de 12 euros, nos termos e condições a definir pela comissão administrativa.

Capítulo III

Dos órgãos associativos

Artigo 7.º

São órgãos da Associação, a assembleia geral e a comissão administrativa.

Artigo 8.º

1- A assembleia geral, constituída por todos os associados presentes na reunião geral, toma as suas deliberações por maioria absoluta dos votos expressos.

2 – As reuniões gerais são dirigidas pela mesa da assembleia geral, constituída por um presidente, coadjuvado pelo secretário e pelo relator.

3 – Compete à assembleia gerall  

a)Apreciar e votar os princípios programáticos estatutários, alterá-los ou revogá-los, bem como resolver os casos omissos;

b)Nomear os membros da mesa, de entre os associados presentes, em cada reunião geral;

c)Eleger os membros da comissão administrativa, individualmente ou por lista;

d)Apreciar e votar os relatórios de actividades e contas;

e)Deliberar sobre todos os demais assuntos de interesse para a Associação. 

Artigo 9º  

 1º- A comissão administrativa é o órgão executivo da Associação, sendo dirigida por um presidente, coadjuvado por um vice-presidente e três ou mais vogais.

2 - Os mandatos da comissão administrativa têm a duração de três ano

3 – Compete à comissão administrativa:
a) Promover a gestão corrente da associação;

b)Marcar as reuniões gerais e as iniciativas culturais, artísticas e recreativas da Associação;

c)Proceder à inscrição dos associados e à cobrança das quotas;

d)Manter e gerir o fundo de caixa da associação, e aceitar e conceder donativos;

e)Publicitar as iniciativas da Associação, bem como as notícias de maior relevo relacionadas com os antigos alunos dos seminários da Diocese de Portalegre e Castelo Branco;

f)Elaborar o relatório de actividades e contas reportados a 31 de dezembro de cada ano; 

 

(Aprovado por unanimidade (ou por maioria) na Assembleia Geral de 16 de maio de 2015) 

 

..............................
NR

Duas notas acidentais:

1.Meu querido Joaquim, não há nenhum campeonato a ver quem edita mais depressa e melhor as imagens dos encontros!Ficaste, logo na noite, com uma pequena amostragem do que foi possível editar!!!Há mais vida para além da animus, claro. Um obrigado ao António Eduardo pelo seu trabalho que "saquei" do Face, mal o editou e me dei conta do facto. Não gravei a intervenção do Zé Dias pois, como te lembras, enquanto ele falava eu estive ocupado a procurar o video com o testemunho do Joaquim Filipe. Pudemos, pois, beneficiar do seu trabalho.Um obrigado por isso.


2.O servidor do Sapo, alterou recentemente as ferramentas de edição o que resulta na merda que têm visto!!!Assim mesmo: imagens separadas com grandes intervalos, títulos cortados, etc.Já me cansei de dizer isto.
Acresce que nem imaginas o tempo que andei para aqui às voltas para conseguir editar os Estatutos.
Espero que o texto tenha seguido a ordem.Vê se algo está incorrecto.
(Já não me bastava o meu "ódiozinho" de estimação ao organizacionismo quanto mais ter de andar aqui, linha a linha, parágrafo a parágrafo, artigo a artigo, alínea a alínea....para ver se o teu trabalho e o do João Lopes ficava apresentável para posterior discussão. Como vês...quem é amigo, hein?!)
Bom trabalho (com ou sem estatutos) e que a gente cá esteja para nos divertirmos com TODOS OS ENCONTROS QUE NOS DÊ NA REAL GANA FAZER, seja em torno do Cabrito Estonado, dos pasteis VIGARISTAS, em Proença, o próximo em ABRANTES, no SÁBADO 16 DE MAIO, ou, quem sabe, um destes dias na Conchinchina!)
antónio colaço



publicado por animo às 16:00
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



pesquisar
 
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29


posts recentes

ANIMUS DE LUGAR DE ENCONT...

ESTÁ TUDO DITO

ANIMUS O FIM há sete anos...

VEM AÍ A "ANIMUS SEMPER" ...

ANIMUS SEMPER escreve ant...

comasalpcb@gmail.com O E...

O RESPEITO NÃO SE DECRETA...

DAS ELIMINAÇÕES A CAMINHO...

ESTE BLOG TERMINA NO FINA...

NUNCA ACEITAREI REGRAS SA...

arquivos

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

links
subscrever feeds